Daniela Busoli: “Ao criar um conteúdo de marca existem desafios e riscos”

CEO da Formata Produções e Conteúdo é jurada na competição Entretenimento

Daniela Busoli, CEO da Formata Produções e Conteúdo, é jurada brasileira da competição. É uma nova exposição feita para ações de música e cinema, por exemplo. Essa área entrou em cena em 2016 e de lá para cá cresceu e passou a englobar novas categorias como esportes e games. Acompanhe aqui trechos do bate-papo com Daniela, e conira sua visão da área, a partir de uma experiência que, como a sua própria voz, envolveu “um pouco de tudo” na indústria da comunicação, e hoje se concentra na produção de conteúdo.

ENTRETENIMENTO
É a forma de conquistar e mobilizar a audiência através de diferentes tipos de conteúdo. Pode ser cinema, teatro, programas de TV, internet, eventos ou eventos. Uma categoria de entretenimento deve incluir interação entre o conteúdo e a marca. Quanto mais ‘orgânica’, quanto mais alta, melhor, melhor, melhorada, mais alta, melhorada.

DESAFIOS
Ao CRIAR UM Conteúdo de marca existem Desafios e Riscos Que precisam Ser levados em consideração. Exagerar na entrega da marca ou produto pode causar insatisfação na audiência e, consequentemente, fracasso na iniciativa. Por outro lado, esconder demais uma marca ou produto pode ter o efeito inverso e não atingir o objetivo desejado. Há ainda o risco na escolha. Já tive acesso ao conteúdo errado. É muito importante conhecer o formato que se deseja e medir com as consequências do que ele pode gerar. Aprendizagem que é melhor não fazer um projeto a realizar-lo apenas para agradar o cliente. A experiência, com muitos erros e bons acertos, me ajudou a não estimular nenhuma iniciativa.

BRASIL
Sim, temos vocação para entretenimento. Nossa população é continental, somos muito digitais e somos um povo altamente criativo. Consumimos TV aberta, VOD, mídias sociais e internet como alguns países no mundo. Nossas novelas viajam pelo mundo; nossa publicidade é reconhecida globalmente; e nossos grupos estão ganhando cada vez mais espaço ao vivo streaming. Como as novas tecnologias digitais ampliam e remediam a antiga barreira da língua portuguesa, que era a questão das vendas internacionais.

RELEVÂNCIA A
comunicação foi realizada quando se consegue uma mão e se consegue mobilizar uma audiência sem que ela se sinta ‘invadida’ ou incomodada com uma presença da marca. A relevância do portal aproxima e fideliza. O público compreende e recupera quando é uma exposição de marca exagerada, mas tambémaceita, apóia e fetivamente consome quando a medida é certa.

PROPAGANDA
Claro, propaganda pode ser entretenimento! Temos muitos exemplos de ações de marca que alcançaram milhões de pessoas e são puro entretenimento. Temos, inclusive, uma marca que fez conteúdo tão bem que não sabemos mais se é bebida ou áudiovisual. Eventos esportivos também são campeões em unir propaganda e entretenimento. Mas cuidado: do spot de 30’’ a um conteúdo relevante para a audiência existe uma longa distância. Uma bela campanha pode ter sérios desafios ao tentar se desdobrar num arco de conteúdo com uma ou mais temporadas. É completamente diferente a forma de criar isso.

CANNES
Vou tentar levar a experiência de conteúdo que adquiri ao longo desses anos e identificar as peças e marcas que conseguiram ultrapassar criativamente a barreira da propaganda tradicional ao conteúdo.

JÚRI
Meu calculado será técnico, com o olhar de exibidor, distribuidor e audiência.

PRÊMIO
Merece ser premiada quem consegue uma proeza de apresentar o melhor, o possa encantar, divertir-se e entreter uma audiência, sem que ela fique bem, fique irritado ou entediado por uma marca estar ali.

CRIATIVIDADE
O mercado de criação de material de ensino digital chegou a recente e foi possível pedir à implementação do audiovisual, que expôs as dimensões das TVs fechadas. Antes disso, o mercado era muito restrito, uma criação e produção de conteúdo eram concentradas nas emissoras.

 

https://propmark.com.br/especial-cannes-lions-2019/daniela-busoli-ao-criar-um-conteudo-de-marca-existem-desafios-e-riscos/